Beleza

  12/02
 

Carnaval está aí e a mulherada que vai curtir a folia certamente já está se perguntando como serão os looks escolhidos. Para dar uma mãozinha, selecionei algumas imagens para fazer uma maquiagem de carnaval com estilo, sem ficar no óbvio de sempre. Afinal, essa data existe para colocar a criatividade no trabalho e se jogar nas boas produções.

Antes das inspirações, vale algumas dicas para fazer a maquiagem durar mais. Visto que são horas de festa, com muita dança e suor, a pele precisa estar bem preparada. Limpe bem antes, passe um bom hidratante específico para sua pele e não esqueça o primer! Esse último produto é que pode salvar tudo. Depois disso, prefira uma base com boa cobertura e de fixação que você já saiba que funciona com você. A partir daí, acho que você já sabe como funciona! 😉 Apenas não esqueça que adaptar é o verbo! As fotos abaixo servem apenas para dar uma ideia. Acrescente aquilo que você gosta e tire aquilo que faz você torcer o nariz.

maquiagem para carnaval







  05/02
 

Por ser um pouco fissurada em maquiagens há alguns anos, com frequência ouvia de alguma amiga a pergunta “como eu monto uma nécessaire básica de make?”. Questão complicada, viu?! Qualquer kit compacto, seja ele do que for, deve ser feito de acordo com as necessidades do dono. Se tratando de cosméticos, acredito que os produtos devam ser ainda mais específicos.

Vou explicar: além das diferenças físicas (tipo de pele, tom, etc), têm as diversas necessidades para objetivos ainda mais sortidos. Por exemplo: uma nécessaire básica para o meu dia a dia é diferente do kit de uma mulher que trabalha ao ar livre ou daquela que trabalha à noite.

Considerando essas singularidades, acredito que alguns produtos podem servir para a maioria. Vou falar quais e qual marca uso, mas realmente acredito que experimentar é o pote de ouro. Cada pele é única e existem milhões de marcas, com milhões de linhas que podem satisfazer muito bem as suas necessidades. Porém tem que pesquisar! Não se jogue em algum produto só porque alguém testou e gostou. Teste você e goste você!

Antes de começar a lista (juro que tentei fazer pequena), vale deixar claro como é minha pele. Em resumo, no inverno ela é seca e no verão um pouco mista. Não tinha problema com espinha até mudar para São Paulo, mas agora apareceram umas malditas nas minhas bochechas. A pele do meu rosto também é bem sensível! Principalmente no inverno, quando tenho alguns probleminhas com alergias. Por isso cuido bastante se aquele produto tem fama de causar alguma reação indesejada e sigo orientações da dermatologista.

nécessaire básica

01. Hidratante: Não interessa se sua pele é oleosa ou seca, é essencial hidratar. Escolha o tipo de hidratante que dá certo com você e não deixe de usar. Quando ela está “normal” uso um da Neutrogena ou o Aquaporin da Eurecin. Quando tenho espinha, uso um gel hidratante da L’oréal.

02. BB Cream: Se você sentir que o BB Cream realmente cumpre sua função de hidratar, pode ir direto pra ele. Eu uso os dois porque sou desconfiada e prefiro garantir. Mas não precisa ser neurótica também! Atualmente, tenho utilizado o BB da Loreal. Às vezes intercalo com o CC Cream da Clinique e gosto bastante.

03: Base em pó: É minha segunda opção ao BB Cream. Uso há anos sem nunca ficar sem. É extremamente prático e acho que é o item mais antigo que não troco por nada. Minha base escolhida é da MAC, a Studio Fix (cor NC 25). Já testei também da Make Up For Ever e gostei. Mas meu caso de amor com a Studio Fix é eterno.

04. Corretivo: Nem todas precisam. Eu, particularmente, uso raramente. Não tenho problemas com olheiras e não tinha espinhas. De qualquer forma, é bom ter por perto. Tenho vários corretivos, mas o que carrego comigo e há anos não deixo faltar é da MAC também, o Studio Finish (cor NC 20).

05: Lip Balm e batom: Se você for sucinta, pode ter só um dos dois. Eu não sou, então carrego para todos os cantos mais de uma de cada. Minha boca é bem sensível! Então, acabei de descobrir, que tenho na bolsa 3 lip balms e um bepantol que é amor eterno também. Nos batons, meus dois amores que sempre salvam são o Kinda Sexy (mude clássico) e o Ruby Woo (vermelho mais perfeito que já vi), ambos da MAC.

06: Rímel: Completamente indispensável! Até hoje, só conheci uma pessoa que não precisava usar rímel, pois tinha os cílios enormes e volumosos. E provavelmente essa pessoa não é você, então use rímel sempre. Uma, duas, três.. quantas camadas quiser. Mas use! Meu amor de pelo menos quatro anos para o dia a dia é o The Colossal, da Maybelline.

07. Blush: Sinônimo de saúde, apenas. Acreditem, já fiz o teste de sair sem blush e perguntaram o que eu tinha que estava com cara de triste/doentinha. Acredito que a melhor cor para se ter à disposição 24h na bolsa é algum tom de rosa, que dá aquela “coradinha”. Mas tons em pêssego também são uma excelente opção. Carrego comigo atualmente o Sunbasque, da MAC (porque estou bronzeada agora. No inverno uso outro).

08: Lápis para sobrancelha: Há quem diga que não é tão essencial para estar na nécessaire da bolsa. Porém minha sobrancelha é bem rala, por isso não dispenso. Atualmente carrego o lápis para loiras (é mais sutil) da Mary Kay ou o universal da Panvel (bem baratinho e super funciona!).

09. Pincéis: Dependendo dos produtos e sua habilidade com os dedos, não precisa. Como uso blush em pó, carrego sempre o pincel específico para isso. Mas também levo o de corretivo e de pó para a base em pó. Já o BB Cream espalho com os dedos, que é o aconselhado pelos profissionais e realmente fica melhor. O de blush é da Sephora e os demais são da Sigma.

10. Curativos: Não tem nada a ver com maquiagem. Mas para fechar 10 itens, decidi colocar esse produtinho abençoado que carrego em todos os compartimentos que posso. Tenho na carteira, na bolsa, na nécessaire de remédio e também na de maquiagens. Meus pés são sensíveis demais! Tudo faz calo. E machuca mesmo, gente. Tenho até cicatriz! Aprendi na pele que é melhor sempre ter um (ou mais) por perto. I <3 Band-Aid.

_______________

OBS: Sim, a maioria dos meus queridinhos do cotidiano são MAC. E das maquiagens festivas também são. Obviamente não ganhei nada da marca para escrever isso, mas considero os melhores produtos de maquiagens no quesito custo/benefício.







  30/01
 

Brilho somente para looks noturnos e olhe lá? Nada disso, mocinha. Os tons metálicos estão com toda força e também são usados para produções diurnas. Presentes em roupas, acessórios e maquiagem, essas peças com um ar futurista conquistaram as passarelas e o street style, não importa a cor escolhida.

Não tenha medo de parecer um robô ou achar o look muito anos 2000. O metálico foi reinventado e tem aparecido há uns dois anos em algumas grifes pelo mundo. Arrisco a dizer que agora é o ápice. Temos inúmeras opções para usar essa tendência. Na beleza, por exemplo, esmaltes e delineadores em tons metálicos estão fazendo maior sucesso.

roupa 2-side

A imagem acima comprova que peças metálicas não pesam o look necessariamente. Há vários tecidos bem fluidos que garantem delicadeza e leveza para as mulheres que não abrem mão da feminilidade.

Outra dica é investir nos acessórios. Calçados, bolsas e até mesmos aquelas tatuagens douradas temporárias são excelentes opções para quem é mais discreta com tendências.

metálicos







  26/01
 

Ontem, 25 de janeiro, aconteceu o Miss Universo 2014 em Miami, Estados Unidos. Paulina Vega foi eleita a mulher mais linda do Universo. Apesar de controvérsias – comum em todas as edições-, a morena desbancou 87 candidatas e levou a coroa. Mas quem é Paulina Vega?

Paulina Vega - VLIFESTYLE

Paulina Vega Dieppa é modelo, completou 22 anos dia 15 desse mês e nasceu em Barranquilla, norte da Colômbia. A moça tem 1,75 m de altura e é neta da Miss Atlântico 1953 Elvira Susana Castillo Gómez, título que ela também ganhou em 2013.

Miss Universo 2014 - vlifestyle

A carreira de modelo começou cedo, com apenas 8 anos. De família grande, a miss tem quatro irmãs e três irmãos. É graduada em uma escola de alemão e fala inglês e francês. E nas horas vagas, Paulina gosta de passear no parque com seu cachorro Mateo.

Miss Universo 2014 Paulina

Linda demais, né?!

Paulina Miss Universo







  23/01
 

Nada se cria, tudo se copia. Que essa máxima tem tudo a ver com o mundo da moda, não há dúvidas. Vira e mexe surge nas passarelas ou no street style algum revival. Com o estilo dos anos 60 não foi diferente. Há pelo menos dois anos percebemos esse retorno com bastante força e ainda agora ele permanece.

Mesmo não sendo novidade, muitas mulheres tem uma queda pelos looks 60’s, mas sentem-se inseguras para sair na rua exibindo um. Para isso, elegi três maneiras (entre várias) de acrescentar um toque dos anos 60 na produção, sem parecer que está indo para um festa à fantasia.

01. MAQUIAGEM: O ponto mais forte do estilo dos anos 60 é a beleza. A maquiagem com os cílios marcados, estilo Twiggy, é um símbolo. Além das pestanas bem chamativas, sombra no estilo cut crease também cai bem.

maquiagem anos 60

02. ACESSÓRIOS: Óculos de sol e bolsa lady like não poderiam ser mais 60’s. As produções dessa época são muito femininas, mesmo quando apresentam algo mais forte. Lenços – tanto no pescoço, como na cabeça – e pulseiras são super bem-vindos também.

acessórios anos 60

03. ESTAMPAS: No vestuário, poderia ficar horas aqui escrevendo várias características típicas das roupas dos anos 60. Porém, escolhi falar somente das estampas, para não confundir ainda mais. Apesar de ter looks monocromáticos bem marcantes, as produções com estampas geométricas e psicodélicas também são referências da época. É claro, sem falar nas icônicas saias e vestidos de bolinhas.

estampas anos 60