Lifestyle

  24/02
 

Há quem ame e espera pelo carnaval o ano inteiro. Porém, há quem não goste ou não está no clima. Como dei dicas de tendências para maquiagem e fantasias para os festeiros, hoje trago dicas para a turma dos sossegados – grupo no qual me incluo. Abaixo, dez filmes para assistir no carnaval e curtir seu feriadão tranquilamente. Todos da lista eu já assisti e recomendo , porém nem todos estão na Netflix no momento.

Para o post não ficar muito longo, fiz a descrição o mais breve possível. São filmes de diferentes gêneros e épocas. Espero que gostem!

01. A VIDA É BELA: Simplesmente um dos filmes mais lindos que já vi. Lançado em 1997, A Vida é Bela é um filme italiano que passa durante a Segunda Guerra Mundial. Uma família é separada pelos percalços da guerra e o pai usa da criatividade para manter a pureza e felicidade de seu filho. Para minha tristeza, saiu da lista da Netflix recentemente.

02. HISTÓRIAS CRUZADAS: Nos anos 60, uma jovem jornalista conta a história de empregadas domésticas negras do Mississipi. Ela as ajuda a divulgar o sofrimento causado pelo preconceito enraizado na sociedade da época. Filme estrelado por Viola Davis e Emma Stone. Disponível na Netflix.

03. TEORIA DE TUDO: Contando a história do astrofísico Stephen Hawking, é mais um filme que os derretidos se emocionam – e muito. O enredo mostra a descoberta da doença incurável, a linda história de amor com sua esposa e os desafios da vida de pai e cientista. Disponível na Netflix.

04. O ALUNO: Motivador, inspirador e uma lição de vida daquelas. O filme se passa no Quênia, onde um senhor de 84 anos enfrenta todos os desafios possíveis para ser alfabetizado. O longa é baseado em fatos reais. Disponível na Netflix.

05. O MENINO DO PIJAMA LISTRADO: Lançado em 2008, esse é um dos longa-metragens mais lindos que assisti sobre a Segunda Guerra Mundial. O filme narra a amizade de duas crianças de mundos opostos, porém com os corações cheios daquela pureza que somente os pequenos carregam. Disponível na Netflix.

06. UMA LINDA MULHER: Um clássico dos anos 90, Uma Linda Mulher é um romance que não canso de ver. Julia Roberts interpreta uma prostituta e George Clooney faz o papel de um empresário bem sucedido. Não conto mais nada porque vale a pena assistir o desfecho da história. Disponível na Netflix.

07. TEMPO DE DESPERTAR: Lançado em 1991, Tempo de Despertar é baseado em fatos reais. Robert de Niro e Robin Williams estão no elenco e somente isso já diria muito. Trata-se da história de um médico que trata de um grupo de pacientes que estavam há mais de 30 anos em coma. Disponível na Netflix.

08. A ESCOLHA DE SOFIA: De 1982, o filme é estrelado por ninguém menos do que Meryl Streep. A Escolha de Sofia conta a história de uma mulher polaca presa em um campo de concentração da Segunda Guerra Mundial. Ela é obrigada por um soldado nazista a escolher entre um de seus dois filhos. Sim, um drama de peso. Disponível na Netflix.

09. UMA BOA MENTIRA: Baseado em uma história real, esse filme conta a história de três irmãos que fogem da guerra do Sudão. Reese Witherspoon interpreta Carrie, uma assistente social americana que recebe os sudaneses. Disponível na Netflix.

10. MINHA MÃE É UMA PEÇA: Sim, também indico comédias – e brasileiras! Minha Mãe é Uma Peça 1 e 2 são filmes incríveis. Paulo Gustavo interpreta Dona Hermínia, uma mãe super real e protetora, que fará você morrer de rir. Ah, se você fizer a linha politicamente correto, provavelmente não vai gostar de algumas piadas. Ainda não estão disponíveis na Netflix, mas o segundo ainda está em cartaz em alguns cinemas.







  22/02
 

Compromissos profissionais, familiares, amigos, namorado, nosso momento pessoal. A lista de tarefas não é pequena e a responsabilidade com frequência pesa. Você provavelmente já comparou a sua rotina com a de alguém que supostamente consegue dar conta de tudo, certo? O segredo é simples: organização. Essa palavrinha mágica transforma nosso cotidiano. Saiba como organizar melhor seu dia a dia e use seu tempo em seu próprio favor.

01. FAÇA UMA LISTA DAS TAREFAS: Com certeza esse passo é fundamental. Para os amantes do papel, nada como o bom e velho bloco de anotações e uma caneta. Para os mais moderninhos, o bloco de notas do celular é uma excelente opção. O importante é fazer uma listagem de tudo o que você precisa resolver naquele dia ou semana. Médico, reuniões, manicure, encontro com uma prima, dentista, cinema com o namorado, supermercado, etc. Não importa a natureza do compromisso, tome nota de tudo!

02. TENHA OBJETIVOS: Mesmo que você prefira fazer uma lista semanal ou quinzenal, você precisa estipular prazos. E para as listas diárias, tenha um horário limite. O importante é você ter bem claro até quando aquilo precisa estar pronto. Cuide apenas para não cair nas tentações dos prazos impossíveis. Seja rígido com sua programação, mas não tente abraçar o mundo para não criar decepções. Imprevistos acontecem a todo instante e você necessita de uma margem de erro para evitar frustrações.

03. USE A TECNOLOGIA: Há milhares de aplicativos para smartphones que facilitam nosso dia a dia, use a abuse disso! A dica número 1 é ter o app do seu banco. Quase todas as tarefas bancárias hoje em dia podem ser feitas sem que você precise sair da cadeira. Usar alarmes e lembretes no celular também são importantes para não esquecer de nenhum compromisso. Por fim, aplicativos que regulam atividade física também podem ser bem interessantes para facilitar os cuidados com o corpo e a mente.

04. ATENÇÃO REDOBRADA: Especialistas dizem que nossa motivação vai embora após oito minutos de procrastinação. Não deixe isso acontecer! Você precisa se tornar o vigia de você mesmo. Aquela conferida no instagram ou aquele WhatsApp para responder o grupo de amigas da faculdade pode esperar, suas tarefas não. Tente eliminar toda e qualquer forma de distração da sua mesa de trabalho, pois minimizando as tentações você tem mais chances de concluir sua lista da semana com sucesso. Por fim, não esquece de acrescentar um momento só seu. Afinal, você é e sempre será seu bem mais precioso.







  30/05
 

Não importa se é uma entrevista de trabalho ou um encontro romântico, fazer com que a outra pessoa tenha uma boa ideia de nós às vezes causa calafrios. Porém, existem algumas dicas para causar boa impressão que podem te ajudar a vencer esse momento – não importa a ocasião.

TRÊS DICAS PARA CAUSAR BOA IMPRESSÃO - VLIFESTYLE

01. NÃO TENHA MEDO DE FALAR: Assuma a liderança e puxe um assunto. Tente não ser muito generalista perguntando sobre o tempo, por exemplo. Porém, fuja de conteúdos muito específicos, que a pessoa pode não conhecer e a conversa não progredir. Comentar sobre algum filme interessante que você assistiu ultimamente é uma boa caso o encontro seja mais pessoal.

02. CUIDE A POSTURA: A linguagem corporal pode falar mais do que as palavras muitas vezes. Cuide para não ficar com o rosto apoiado, por exemplo. Braços cruzados também podem demonstrar desinteresse. E nem pense em checar seu celular na frente da pessoa!

03. NÃO ESQUEÇA DE RESPIRAR: Piadas à parte, relaxe. Não esqueça que você também é nova para a pessoa que está na sua frente e ela provavelmente também está nervosa. O nervosismo pode atrapalhar seu raciocínio e ainda te deixar trêmulo. E tenho certeza que você não quer ficar gaguejando ou derrubando coisas justo nesse momento.







  05/05
 

Uma das minhas frases favoritas é “você está realmente feliz ou só está confortável?”. Muitas vezes achamos que estamos no lugar certo e tudo está bem quando na verdade apenas estamos acomodados. Quantos sonhos deixamos de lado por medo de arriscar? O problema desse medo é que ele cobra a conta no futuro, quando você olha para trás e percebe que sequer tentou fazer aquilo que sempre quis. Só consegue quem tenta, caros amigos. E mesmo que você não consiga exatamente o que gostaria no início, tentar é fundamental. Veja três motivos para correr mais riscos e não deixar sua vida passar em branco.

PORQUE VOCÊ DEVERIA CORRER MAIS RISCOS - VLIFESTYLE

01. APRENDIZADO: Tudo na vida é aprendizagem. É por isso que estamos aqui. Mesmo que você tente uma vez e dê errado, você vai aprender inúmeras coisas nesse caminho. A principal delas é que aquela tentativa específica não funcionou, então tente outra. Quando arriscamos e tentamos algo novo, aquele frio na barriga vai obrigar você a se conhecer melhor, a lidar com pressão e não desanimar. Esses são ensinamentos para toda vida, que ninguém pode tirar de você e que serão úteis e todos os próximos desafios.

02. MAIOR O RISCO, MAIOR A VITÓRIA: Se você arrisca pouco, terá pouco. Se você arrisca muito, terá muito. O resultado sempre será proporcional ao esforço. Não estou incentivando ninguém a largar tudo e ser nômade – a não ser que esse seja o seu sonho. O que eu quero dizer é que se você sonha grande, deve arriscar muito também. Pense, análise a situação e planeje. A partir do momento que você sabe quais são os caminhos para chegar até lá, tente. Ninguém no mundo pode realizar seus sonhos por você. Não espera nada cair do céu.

03. DEVER CUMPRIDO: A melhor parte de arriscar para alguns é sentir o frio na barriga, se sentir vivo. Para outros é olhar para o passado com orgulho de quem sabe que tentou. Fazer a nossa parte é tudo o que podemos fazer. Se o risco que você correu levou você até seu objetivo, nem preciso dizer o tamanho da realização. Agora, se algo saiu errado nessa tentativa, você terá o prazer de saber que não se intimidou, tentou, se dedicou e aprendeu muito com isso. Depois que você arrisca uma vez, fica cada vez mais preparado e arrisca mais. E é isso que levará você até suas conquistas!

PORQUE VOCÊ DEVERIA CORRER MAIS RISCOS VLIFESTYLE







  28/04
 

Nosso país infelizmente enfrenta uma crise econômica que afeta todos nós, independente de qual região do Brasil moramos e qual nossa classe social. Basta ligar a TV e você será arrastado por notícias sobre alta de preços e aumento do índice de desemprego. Eu sei que o cenário assusta, mas há algumas dicas para podemos seguir para não sair tão prejudicado. Veja como você pode se organizar melhor e economizar dinheiro no fim do mês. Ah, não esqueça de se manter disciplinado quando a crise passar!

COMO ECONOMIZAR DINHEIRO - VLIFESTYLE

01. ANOTE TODOS OS SEUS GASTOS: Todos, sem exceção. Comprou uma garrafinha de água na rua? Anote o preço e data. Separe um caderninho somente para isso ou registre no bloco de notas do celular. No fim do mês reserve um tempinho, pegue a calculadora e mãos à obra. Some seus gastos no total, para saber o quanto exatamente gastou. Em seguida separe os valores por áreas. Por exemplo: mercado, laser, moradia, saúde, estética, etc. No primeiro mês você levará um susto pelo número enorme de pequenos gastos e logo em seguida perceberá seus pontos fracos. Só assim você saberá exatamente qual área pode cortar gastos e qual área está sendo negligenciada. Essa dica dá trabalho no começo, eu sei. Mas faz MUITA diferença!

02. PESQUISE PREÇOS: Sem preguiça na hora de fazer compras. Pesquisa preços nos supermercados, principalmente. Alimentação é uma despesa que não temos como escapar, mas há grande diferente entre os mercados e marcas. Pesquise e sempre pegue o folheto com promoções. Normalmente vale muito a pena!

03. REPENSE A COMPRA: Nós, mulheres, sempre temos algum ponto fraco no shopping. Mas a dica é pensar duas vezes ou mais! Viu na vitrine e achou lindo? Dá mais uma volta e pensa quando e como você poderia usar aquele item. Ele é versátil? É uma peça que você realmente está precisando ou é somente uma tendência? É super comum comprarmos no impulso e não por necessidade. Quem não tem aquela roupa jogada no fundo do armário que usou uma única vez – ou nunca foi usada? Para saber como comprar melhor roupas e acessórios leia esse post aqui.

04. PENSE NO FUTURO: A primeira regra sobre finanças pessoais que aprendi com minha mãe foi “você nunca sabe o dia de amanhã”. E olha que ela é a pessoa que mais entende do assunto que eu conheço! Uma viagem inesperada, uma doença, etc. Coisas ruins infelizmente acontecem e você não pode prever. Para evitar pânico, sempre pense no futuro e se esforce para ter uma graninha guardada para casos de emergência.