27/10
 

Tão bom quando a sugestão vem de vocês! E o post de hoje é um pedido de uma amiga que disse o seguinte “não importa nossa idade ou momento da nossa vida, sempre recebemos algum amigo em casa e é chato receber mal”. E não é verdade? Mantendo a ideia dos outros textos sobre casa, esse é para nós que acabamos de sair dos ninhos e estamos começando a lidar com nossos lares. Não precisamos da riqueza de detalhes da casa de nossos pais, mas trago dicas para receber bem nossos amigos independente da situação.

dicas para receber bem em casa - VLIFESTYLE

01. FLORES: Plantas em geral sempre alegram qualquer ambiente e já conversamos sobre elas aqui e aqui. Mas quando vamos receber alguém em nossa casa, elas tornam-se ainda mais importantes. Assim como as próximas sugestões, as flores deixam o ambiente mais aconchegante e agradável. A blogueira Denise Gebrim ensinou neste vídeo aqui como fazer um arranjo super simples, bonito e duradouro. Vale conferir!

02. VELAS: Sou apaixonada por velas aromáticas e quem me passou esse amor foi minha mãe, que inclusive que ensinou a fazê-las. Hoje em dia encontramos em várias lojas e até supermercados velas com cheirinhos gostosos com preços bem amigos. Caso você não queira comprar pronta, mas também não quer fazer de fato (derretendo parafina e tal), aqui vai uma super dica: compre uma vela pequena normal, coloque ela em um vidro e cerque-a de canela, cravo ou café. O calor da chama fará com que o produto que está perto solte seu aroma e perfume o ambiente.

03. MÚSICA: Parece bobagem, mas é muito importante ter alguma música adequada para a ocasião. Se for uma circunstância romântica, músicas românticas. Se for uma reunião mais descontraída, músicas mais alegres. E assim por diante. Vale lembrar que o som não pode estar alto ao ponto de atrapalhar a conversa das pessoas, nem tão baixinho de modo que ninguém o perceba.







  26/10
 

Estes dias estive conversando com uma amiga sobre analisar os looks das pessoas ao nosso redor. Para quem não sabe, além de ter estudado Jornalismo, também estudei Styling de Moda – tanto conceito, como comercial. Então quando trago dicas de estilo aqui para o VL, não é porque eu acho. Estudei – e continuo estudando – sobre o assunto. E quando digo “não tenham medo”, não tenham. Testem. Fiz essa introdução porque a dica de hoje ainda (!) não é vista com bons olhos por muitas, apesar do sucesso absoluto entre as pessoas ligadas à moda. Deixa o preconceito de lado e veja como usar culottes ou pantacourt, as tais pantalonas até a canelas.

como usar culottes ou pantacourt - VLIFESTYLE

Como aqui não tem essa de só rostinho bonito, lá vai um pouco de história. A peça surgiu na Era Vitoriana, meados do século XIX, para ser usada pelas mulheres por baixo do vestido. Em 1940 ela ressurgiu muito usada por mulheres que trabalhavam, por parecer uma saia, mas não ser. Em 1970 ela teve outro retorno e agora, em 2014/2015, o culotte voltou. Ou seja, mais uma novidade nem tão nova assim.

Agora vamos ao que interessa: quando e como usar as calças culottes, também chamadas de pantacourt. Vocês sabem que odeio restrições, mas infelizmente tenho uma para essa tendência. Pernas grossas. Se você tem a canela grossa e não é muito alta, talvez seja uma boa repensar se quer mesmo usá-la. Eu sei que mais uma vez as baixinhas e/ou gordinhas não são favorecias por tendências, mas em alguns casos têm dicas que resolvem o problema. Vou passar elas agora:

Sapato nude. Sempre digo isso! O calçado na cor da pele dá a impressão que a perna é mais longa, não achatamento a silhueta. Outra dica é usar um look monocromático, sendo a calça e a blusa da mesma cor. Desta forma, não há uma “quebra” na cintura e você parecerá mais alta. O melhor exemplo disto está na primeira imagem. A mulher na foto é a editora de moda russa Miroslava Duma, que mede apenas 1,55m e é uma das mulheres mais bem vestidos da atualidade – e sempre usa tendências, mesmo sendo considerada baixinha.

O time de mulheres de pernocas finas pode se divertir livremente. A cara do verão, a calça culotte é super elegante e pode ser usada para trabalho, eventos sociais e passeios dominicais, por exemplo. Para deixar o look mais sofisticado, basta um belo par de salto alto. Para ocasiões mais descontraídas, aposte em rasteiras ou espadrilles. Na parte de cima, tudo é possível. Tops, blusas leves, camisas e até mesmo camisetas caem bem nesse tipo de produção. O segredo é testar!







  21/10
 

Buenos galera, tudo bem com vocês?

Londres está fervendo no quesito moda/música/arte, mas o clima está esfriando. Já estamos sentindo o início do inverno por aqui, e pelo que estou acompanhando, aí vocês estão iniciando o horário de verão, coisa boa!

Segunda-feira tive a oportunidade de participar de um tour privado na exposição da  Louis Vuitton (quem me acompanha deve saber que já fiz um projeto pra eles pelo curso de Indústria de Moda que fiz aqui). A confraternização aconteceu no espaço da exposição Louis Vuitton Series 3, e contou com a presença do diretor da marca aqui na Inglaterra Tom Meggle e da diretora da Condé Nast College of Fashion and Design, Susie Forbes.

Imagem 1 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

A exposição estava linda. Ela faz parte da sequência do um projeto SERIES do Nicolas Ghesquière que apresenta as inspirações dele pra toda coleção de 2015. Eu não costumo tirar muitas fotos porque elas nunca saem como eu quero, mas segue algumas imagens pra vocês terem uma ideia de como estava organizada. Tinha até umas mulheres fazendo a bolsa ao vivo, um trabalho super delicado e lindo.

IMAGEM 2 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

IMAGEM 3 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

Imagem 4 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

Ontem também foi dia da abertura da exposição da Chanel, na Saatchi Gallery. Infelizmente não consegui ir ainda, mas vou contar tudo que já sei pra vocês hehehe #fofocas.

Imagem 5 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

A exposição chama Mademoiselle Privé e conta a trajetória da Coco Chanel em detalhes. A jornada da estilista se espalha por todos os andares da galeria, que tem como destaque a alta costura, a re-edição da coleção “Bijoux de Diamants” realizada em 1932, e também a personalidade carismática e o espírito irreverente da nossa musa-mor.

Fica a dica agora para quem estiver por Londres. É de graça e fica até o dia 01 de novembro em exibição.

Imagem 6 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

Imagem 7 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

Imagem 8 - LOUIS VUITTON SERIES  3 - VLIFESTYLE

Por hoje é isso, arte e moda sempre juntas.

Um beijo,







  20/10
 

Dicas caseiras são (quase) sempre sensacionais. É claro que às vezes aquela super sugestão pode ser doida demais e acabar prejudicando mais do que ajudando. Porém, vim trazer um trio de dicas que testei e aprovei. E num assunto que a mulherada pira: madeixas. Veja agora três maneiras de hidratar o cabelo em casa e sem gastar muito.

Hidratar o cabelo em casa - VLIFESTYLE

Antes de começar a ler, repare bem nas imagens acima e pense qual tipo de cabelo você quer: seco e destruído ou hidratado e sedoso. A última opção, não é mesmo? Então não tenha preguiça! As sugestões abaixo são super práticas.

01. MÁSCARA: Tem em qualquer farmácia e/ou supermercado e há várias marcas nacionais e baratinhas que são ótimas. Com o cabelo úmido, aplique a máscara de sua preferência nos fios na altura na orelha para baixo. Prenda as madeixas e coloque uma touca térmica. Se não tiver, enrole papel laminado mesmo. Espera uns 20 minutos e enxágue bem.

02. AMPOLAS: A opção mais prática de todas. Acredito que tenha surgido com a Pantene e logo outras marcas laçaram suas versões. No banho, após lavar o cabelo, aplique a ampola de sua preferência. Basta deixar três minutos (algumas até menos) e pronto. É só enxaguar. Elas são superpotentes, mesmo com o pouco tempo necessário para elas agirem.

03: ÓLEO DE COCO: Uma opção mais natureba e tão maravilhosa quanto as demais. O óleo de coco usado aqui é o mesmo de cozinha e etc. Basta passar nos fios, prender e deixar agir. Não precisa encharcar. O ideal é esperar uma hora ou mais com o óleo no cabelo. Tem gente que aplica bem pouquinho, põe uma toalha em cima do travesseiro e dorme assim, só retirando o óleo no outro dia pela manhã. Mas atenção! Para não deixar os fios pesados e oleosos, não faca essa hidratação com menos de 15 dias de intervalo.







  19/10
 

cupofherbalteaCup Of Herbal Tea é um blog belíssimo feito por Sonya Khegay. Ela mora em Montenegro e posta fotos de tirar o fôlego envolvendo, principalmente, a natureza. São imagens que inspiram e acalmam. Vale a pena seguir! (** em inglês **)

 

juliahengelAlô, alô fashionistas. Julia Engel é a dona do blog Gal Meets Glam e manda muito bem na curadoria. Ela mora em San Francisco, nos Estados Unidos e posta imagens bem boladas (incluindo viagens, comidas, e claro.. look do dia). (** em inglês **)

 

bestplaces_togoBest Places to Go só pelo nome (“melhores lugares para ir) já podemos imaginar o quanto esse instagram é maravilhoso. Praias paradisíacas, montanhas de tirar o fôlego, campos que mais parecem miragens.. Enfim, o tipo de imagem que toda viajante ama! (** em inglês **)