conforto

  28/07
 

Calça jeans é, sem dúvidas, a peça mais versátil de um guarda-roupas. Nós podemos usar em diversas ocasiões, de diversas maneiras, dando várias “caras” para a mesma peça. Mais confortável do que um calça de alfaiataria, o jeans também pode ser chique. E é sobre isso que vamos falar. Calça jeans também faz look elegante sim.

looks chiques com calça jeans - VLIFESTYLE

Existem vários modelos de calças e alguns facilitam no up do visual. Flare de cintura alta, retas e skinnys sem adereços (lavagem clara ou escura) já trazem logo a sensação de elegância para o look. Por elas serem mais neutras, as peças de cima e/ou acessórios são mais valorizados. O que facilita na escolha da imagem que você que passar.

Vamos aos exemplos: nada melhor do que um blazer para imediatamente elevar o look. Outra dica é usar camisas soltas, pois elas deixam o visual mais chique, sem pesar e comprometer a graciosidade. Echarpes, pashminas e outros acessórios imponentes também são super bem-vindos para deixar a imagem mais sofisticada e elaborada.

Acharam que eu não iria falar do salto alto? Scarpins, sandálias e botas com salto deixam qualquer look mais chique. É incrível! Basta mudar o calçado e pronto. Mas eu quero deixar claro que você também consegue deixar o visual mais elegante com rasteiras. Basta saber escolher os acessórios corretos e caprichar no material de alguma das peças, pois um bom caimento é fundamental.







  21/07
 

Menos é mais, menos é mais, menos é mais. Entendeu? Toda regra tem uma exceção, é claro. Mas, na dúvida, menos é sempre mais. Hoje, vou dar alguma dicas de como comprar bem, sem gastar muito. E nesse caso, vale a nossa regra de ouro. Vou explicar.

dicas de como comprar bem - VLIFESTYLE

A grande dica é: vale mais a pena comprar uma peça de maior qualidade, do que duas de qualidade inferior. A lógica é simples: logo as duas peças nem tão boas se vão, ao contrário da outra. Além do mais, peças com um padrão melhor têm um caimento melhor no corpo, deixando você mais elegante e valorizando a sua beleza. Já disse isso aqui e aqui, sobre investir em certas peças.

Além da qualidade, devemos cuidar para não cair na tentação das tendências. Muitas vezes surge algo que fica bonito em alguém, está em todas as lojas, compramos e nunca usamos. Primeiro: nem tudo que fica bonito alguém, necessariamente ficará bem em você também. Segundo: tendências vem e vão. Prefira investir seu dinheiro em peças atemporais, que não sairão de moda e te deixarão chique em qualquer momento.

A terceira sugestão é sobre tamanho. É bem mais comum do que se imagina comprar algo sem experimentar, se arrepender, não trocar e deixar a peça parada num canto. Ou ainda, comprar sem provar durante uma liquidação, que não há possibilidade alguma de troca. Eu sei que nossos cotidianos são corridos e requer tempo ficar naquele provador apertado trocando de roupa, mas isso é preciso. O tamanho certo é indicado pelo seu corpo, não pela numeração. Além da modelagem variar de marca para marca, as vezes aquele tecido ou modelo fica melhor em você num número maior do que o habitual, por exemplo.

Também é importante que a peça combine com, no mínimo, dois looks diferentes. Não há como comprar bem sem pensar na versatilidade. Pense em várias maneiras de usar aquela peça, e que de preferência ela não seja o ponto central em todos, pois assim não fica com cara de look repetido.

E por fim, pesquise. Há muita diferença de preços entre as lojas e nem sempre tudo que é caro é bom, e o que é barato é ruim. Fique atenta e não tenha preguiça de garimpar.







  16/07
 

Foi o tempo que para ser considerada bonita precisava ser magra. O mundo da moda abriu a cabeça e está se libertando de preconceitos e esteriótipos sem sentido. Curvas são lindas e gordurinhas fazem parte da vida. Cada uma de nós possui um biotipo, e não adianta querer ser o que não é. Eu sei que é da nossa natureza sempre achar a grama do vizinho mais verde. Mas aqui vão algumas dicas plus size para você disfarçar o que não gosta, valorizar seus pontos fortes e estar na moda.

dicas plus size - VLIFESTYLE

01. Escuro diminui e claro aumenta: Acredito que todo mundo já esteja careca de saber, mas sempre vale lembrar. Quem tem quadril largo e quer deixar o corpo mais proporcional, deve optar por peças para baixo em tons escuros (preto, azul marinho, marrom), e roupas mais claras na parte de cima. Estampas trazem a sensação de amplitude. Então, se você quer disfarçar as gordurinhas da barriga, evite blusas estampadas, por exemplo.

02. Estampas não são proibidas: Sim, estampas aumentam, como eu falei acima. Porém, se você fizer um mix, isso pode confundir o olhar. O truque é usar estampas gráficas. Deixe o animal print e floral para depois e aposte em grafismos diferentes. Exemplo: Um vestido quadriculado e casaco risca de giz.

03. Saias e vestidos são aliados: Mostre suas pernas sem medo! A primeira dica é preferir modelos evasê. Eles suavizam o quadril e são super femininos. Aproveite e use e abuse dos cintos para marcar bem a cintura e dar forma ao corpo. Já que estamos no inverno, meia-calça e bota são uma boa ideia. Use meias do mesmo tom da bota, pois isso alonga a silhueta. E por sim, prefira modelos de saias e vestidos com comprimento no joelho. São mais elegantes e também alongam.

04. Pense na gola: A gola é um ponto importante do visual que muitas vezes é subestimado. Se você acha seus ombros pequenos em relação a cintura e quadril, prefira blusas com gola canoa, por exemplo. Porém, se você quer ficar mais alta, modelos com gola V e camisas são ideais (só não feche a camisa até em cima. Aqui a ideia é criar um decote deixando dois botões abertos).

05. Blusas mais longas são coringas: Eu percebo que muitas mulheres que se acham acima do peso sentem-se desconfortáveis com os quadris. Com exceção a dica #04, todas as outras já podem ajudar nisso. Outra sugestão é usar blusas mais longas e soltas, que cubram parte do bumbum (ou totalmente). Não demonize as leggings! Além de confortáveis, elas ficam lindas com esse tipo de blusa. Só cuide o material escolhido! Nada pior do que leggings que ficam transparentes quando esticadas.

06. Se jogue nos acessórios: Colares longos são perfeitos nesse caso. Eles alongam a silhueta e valorizam o colo. Só cuide para não escolher modelos que sejam longos demais e que tenham algum tipo de pingente, pois isso chama atenção para a barriga. Outra dica é desviar o olhar. Quer disfarçar os seios grandes? Pulseiras ou anéis grandes podem ajudar. Bolsas coloridas ou com detalhes mais chamativos também são uma boa opção.

07. Lingerie certa: Não é porque ninguém está vendo que podemos esquecer da lingerie. Usar o tamanho certo de calcinha e sutiã pode trazer excelentes resultados no look, valorizando seus seios e bumbum. Não tenha medo de experimentar, muito menos tenha vergonha do seu verdadeiro manequim.







  29/05
 

O apito já soou há algum tempo, mas você ainda pode embarcar nessa tendência, caso já não tenha feito. Não é novidade da temporada, mas o look navy segue sendo must have. Não, não é para se vestir de marinheira e sair por aí – a não ser que seja uma festa temática. Mas podemos muito bem acrescentar detalhes que remetem ao mar em nossos looks. Para 2015, esse visual foi repaginado e ficou mais sofisticado. Hoje é possível arrasar com essa tendência no trabalho, por exemplo, sem perder a sobriedade e elegância. Além disso, se antes ele era a cara do verão, agora fica lindo no inverno também.

LOOK NAVY VLIFESTYLE

A cor azul marinho já ganhou até um post especial. Mas não posso deixar de dizer que essa é a forma mais simples de trazer um ar navy para o visual. Não precisa ser monocromático, obviamente. Mas pelo menos uma peça em azul escuro já dá sinais dessa tendência. E você também pode misturar outras cores sem medo de ser feliz. Além do vermelho, é claro, que sempre é lembrado nessa casos.

A outra dica são as listras. Um das principais características do look navy são as estampas listradas em branco e azul marinho. Porém, podemos usar versões onde o nude assume como cor clara e o preto rouba o lugar do azul. Outro detalhe: elas não precisam ser simétricas. Até diria que as listras assimétricas estão fazendo ainda mais sucesso esse ano. Tudo depende do restante do look e qual imagem você quer passar.

Em terceiro lugar, mais estampas. As âncoras, por exemplo, viraram hit total. Tatuagens, pingentes, até peça de decoração com elas estão fazendo sucesso. Imagina nas roupas, então. De forma sutil, esse e outros símbolos ligados a navegação são muito bem-vindos no vestuário. Como eu sempre falo aqui, o importante é testar. Gostou? Use. Não gostou? Deixa pra lá.

Na dúvida de como usar? Dou algumas dicas. Escolha uma peça que vai compor seu look para experimentar. Um blusa com um dos elementos que citei acima, por exemplo. Ou uma calça azul marinho, que é um excelente investimento. Para as que já gostaram dessa tendência, que tal um sapato ou bolsa navy? Existem belíssimas opções de várias marcas nacionais com precinho amigo! Vale a pesquisa!







  19/05
 

Meia-calça e short não tem nada de novidade. Deixar a beiradinha da camisa de fora também não. Mas é sempre bom lembrar que inverno pede sobreposições para nos salvar do frio. Pra quem não sabe, eu (Vithoria) mudei de Porto Alegre para São Paulo há algum tempinho. O frio do inverno daqui não é nem de perto tão rigoroso, mas a temperatura cai sim. Já passei muito frio em POA indo trabalhar e sei que montar looks pensando no estilo é complicado. Havia dias que acordava com 2ºC e obviamente queria sair enrolada no cobertor, sem pensar em mais nada. Mas fiquem calmas, sobreposições são uma saída maravilhosa para esses momentos.

SOBREPOSIÇÕES

Nada de cara de mendiga. Colocar uma peça por cima da outra pode ser chique sim. O clássico combo camisa oversized e suéter são lindos e podem ser usados perfeitamente para trabalhar. Vestidos de inverno com meia-calça que não seja cor da pele também. É só jogar um casaco por cima e já temos aí uma sobreposição de três camadas.

É claro que tudo depende do seu estilo e a imagem que prefere passar. Mas as discretas não precisam ficar preocupadas. Normalmente eu me visto mais discretinha, e mesmo assim amo sobreposições. Colocar mais de um casaco, por exemplo, é minha paixão. Faço sempre! Outra sugestão é mix de cachecóis. Você pode fazer isso com cores da mesma cartela, ou tons totalmente opostos. Fica lindo!

Sobre estampas, que sempre geram dúvidas: pode também. O mix de estampas confunde a cabeça de muita gente e eu sempre aconselho a pesquisar referências e experimentar. Escolha aquela mulher que você goste do estilo e veja quais tipos de estampas ela mistura. Pegue peças parecidas e experimente! Não é porque ficou bom nela, que necessariamente ficará lindo em você também. E se não se sentir a vontade, troque a peça e deixe para próxima vez.