dicas

  11/03
 

De acordo com o dicionário, autoconhecimento é “conhecimento de si próprio, das suas características, qualidades, imperfeições, sentimentos etc; que caracterizam o indivíduo por si próprio”. Parece simples, mas sabermos realmente quem somos e o que gostamos não é tão fácil. E tal tarefa não se torna mais simples quanto o assunto é estilo. Sem dúvidas, o erro fashion mais comum é não saber que imagem está passando. Com frequência homens e mulheres vestem roupas que não tem ligação nenhuma com suas personalidades e fica nítido o impasse.

qual seu estilo

Não usar aquilo que não gosta é a regra de ouro. Você não pode vestir uma peça somente porque “estão usando ela agora”. E tenha em mente que, o que cai bem em outra pessoa, não necessariamente cairá bem em você.

Saber o que nos favorece não é da noite para o dia. Porém, engana-se quem pensa que é muito complicado. Separei cinco passos para você saber qual estilo combina mais com você. Antes disso, quero deixar claro dois pontos:

  • Estilo varia durante as fases da vida.
  • Podemos ter mais de um estilo. Desde que um prevaleça evidentemente, podemos usar elementos de outros.

estilo

01) Procure inspirações: Não é por acaso que temos quinzenalmente o Who to Follow aqui no blog. É justamente para ajudá-las a pesquisar. Separe umas três pessoas que considere bem vestida e procure o maior número de imagens relativas a ela possível. Talvez você goste do estilo clean da Jennifer Aniston, mas também ama o jeito cool da Helena Bordon. Após essa busca, provavelmente ficará mais claro para você o que você gosta ou não.

02) Considere seu estilo de vida e objetivos pessoais: Por exemplo, você pode ser fã do estilo glam da Jennifer Lopez, mas sua rotina é super corrida e decote e salto alto para as tarefas diárias são inviáveis. Ou então seu trabalho e pede discrição e você não pode usar muito brilho no escritório. Sempre consideres sua rotina para montar suas produções.

03) Hora de testar: Após levar em conta os dois itens acima, monte alguns looks e fotografe. Depois, olhe para as fotos e veja o funcionou melhor. É bem comum termos uma imagem distorcida de nós mesmos, então peça ajuda. Escolha aquela amiga que considera bem vestida ou aquela prima que entende do mundo fashion e pergunta suas opiniões – sinceras!

04) Faxine seu closet: Hora de renovar. Quem não tem aquela peça de roupa que não sua há mais de um ano levante a mão. É muito frequente guardarmos peças que não usamos mais e não temos a intenção de usar. Tire elas do armário, juntamente com aquelas que não combina com o estilo que você agora sabe que tem. Há milhares de pessoas que seriam muito felizes com suas doações! Não espere as roupas ficarem num estado deteriorado para dar à alguém. A regra também vale para bolsas e calçados.

05) Compras inteligentes: Depois da faxina do guarda-roupas, talvez você entre em crise e queira comprar algumas peças novas. Tome muito cuidado para não se empolgar e, mais uma vez, comprar roupas que não harmonizam com você. Leve uma daquelas amigas que pediu opinião sobre as fotos e compre produtos que possam ser usados de duas ou mais maneiras. Isso faz com que possamos repetir sem neuras de parecer que só vestimos aquele mesmo look sempre.







  20/02
 

Passado o carnaval, momento que encarar o ano de frente. E isso incluí reparar os danos das férias para ter um 2015 deslumbrante. De modo geral, cabelo e pele não os que sofreram as maiores agressões até essa época. Deste forma, listo cinco hábitos que podem prejudicar a sua pele, deixando ela sem brilho, com espinhas e até outras lesões. Certamente você já leu elas em outro lugar. Mas vale a pena reforçar. Se você tentar corrigir esses cincos passos, tenho certeza que vai notar diferença.

cinco hábitos que podem detonar sua pele

01. Beber pouca água: Essa dica é básica e ajuda o organismo inteiro. Várias pessoas ficam batendo nesta tecla e, caso você tentasse beber mais água durante o dia, perceberia o porquê. No meu caso, minha pele fica mais sedosa. Confesso que fácil não é. Pois é preciso tomar água sem estar com sede. Mas com o tempo adquirimos o hábito e o benefício passa a ser percebido pelos outros também.

02. Dormir com maquiagem: Simplesmente nunca faça isso! Espinha e pele sem brilho na certa. Na minha, ainda fica áspera. É impressionante como o malefício é imediato nesse caso. Além de não dormir maquiada, também não é indicado que você passe muito tempo com o rosto cheio de maquiagem. Nossa pele precisa respirar, e com os poros entupidos de primer/base/pó e tudo mais, fica impossível.

03. Não limpar corretamente: Um bom sabonete específico para o rosto pode render bons resultados em qualquer face. Como comentei em algum post, enfrentei problemas com espinhas pela primeira vez depois que mudei de cidade. Minha primeira reação foi mudar a rotina de limpeza e ajudou demais. Atualmente, tiro o excesso com demaquilante, lavo com sabonete facial esfoliante e antiacne, passo um tônico e depois o hidratante. Parece muito, mas é feito rapidinho e ajuda demais. E há muitos produtos bons de limpeza com preços ótimos!

04. Não usar protetor solar: Não se iluda, você está exposta aos raios solares mesmo quando não imagina. E o pior é que não percebemos o resultado imediatamente. Porém, depois do estrago feito não adianta chorar. Minha família tem tendência a criar manchinhas por causa do sol e eu herdei isso. Notei que a cada verão mais pintinhas apareciam no meu rosto. Há alguns meses passei a usar protetor solar antes de aplicar a maquiagem e não me arrependo. Eu sei que muitos produtos tem textura e cheiro que incomodam no dia a dia, mas a sugestão é testar. Tenho usado da Neutrogena e tem sido ótimo!

05. Alimentação desregrada: No meu caso, o dano não surge do dia para a noite, literalmente. Mas em no máximo uma semana, lá está ele estampado no meu rosto. Hambúrguer, pizza, batata frita e chocolate são maravilhosos, não tem como negar. Deixar de comer eu não vou, mas admiro muito você que consegue cortar totalmente. Meu segredo é equilibrar. Mesmo estando longe da comida certinha da mamãe e tendo que cozinhar todos os dias, evito a tentação do junk food e como bastante verduras, legumes e frutas. Garanto que é gostoso e seu organismo agradecerá imensamente. Nesse caso, a pele é uma das últimas recompensas!







  12/02
 

Carnaval está aí e a mulherada que vai curtir a folia certamente já está se perguntando como serão os looks escolhidos. Para dar uma mãozinha, selecionei algumas imagens para fazer uma maquiagem de carnaval com estilo, sem ficar no óbvio de sempre. Afinal, essa data existe para colocar a criatividade no trabalho e se jogar nas boas produções.

Antes das inspirações, vale algumas dicas para fazer a maquiagem durar mais. Visto que são horas de festa, com muita dança e suor, a pele precisa estar bem preparada. Limpe bem antes, passe um bom hidratante específico para sua pele e não esqueça o primer! Esse último produto é que pode salvar tudo. Depois disso, prefira uma base com boa cobertura e de fixação que você já saiba que funciona com você. A partir daí, acho que você já sabe como funciona! 😉 Apenas não esqueça que adaptar é o verbo! As fotos abaixo servem apenas para dar uma ideia. Acrescente aquilo que você gosta e tire aquilo que faz você torcer o nariz.

maquiagem para carnaval







  05/02
 

Por ser um pouco fissurada em maquiagens há alguns anos, com frequência ouvia de alguma amiga a pergunta “como eu monto uma nécessaire básica de make?”. Questão complicada, viu?! Qualquer kit compacto, seja ele do que for, deve ser feito de acordo com as necessidades do dono. Se tratando de cosméticos, acredito que os produtos devam ser ainda mais específicos.

Vou explicar: além das diferenças físicas (tipo de pele, tom, etc), têm as diversas necessidades para objetivos ainda mais sortidos. Por exemplo: uma nécessaire básica para o meu dia a dia é diferente do kit de uma mulher que trabalha ao ar livre ou daquela que trabalha à noite.

Considerando essas singularidades, acredito que alguns produtos podem servir para a maioria. Vou falar quais e qual marca uso, mas realmente acredito que experimentar é o pote de ouro. Cada pele é única e existem milhões de marcas, com milhões de linhas que podem satisfazer muito bem as suas necessidades. Porém tem que pesquisar! Não se jogue em algum produto só porque alguém testou e gostou. Teste você e goste você!

Antes de começar a lista (juro que tentei fazer pequena), vale deixar claro como é minha pele. Em resumo, no inverno ela é seca e no verão um pouco mista. Não tinha problema com espinha até mudar para São Paulo, mas agora apareceram umas malditas nas minhas bochechas. A pele do meu rosto também é bem sensível! Principalmente no inverno, quando tenho alguns probleminhas com alergias. Por isso cuido bastante se aquele produto tem fama de causar alguma reação indesejada e sigo orientações da dermatologista.

nécessaire básica

01. Hidratante: Não interessa se sua pele é oleosa ou seca, é essencial hidratar. Escolha o tipo de hidratante que dá certo com você e não deixe de usar. Quando ela está “normal” uso um da Neutrogena ou o Aquaporin da Eurecin. Quando tenho espinha, uso um gel hidratante da L’oréal.

02. BB Cream: Se você sentir que o BB Cream realmente cumpre sua função de hidratar, pode ir direto pra ele. Eu uso os dois porque sou desconfiada e prefiro garantir. Mas não precisa ser neurótica também! Atualmente, tenho utilizado o BB da Loreal. Às vezes intercalo com o CC Cream da Clinique e gosto bastante.

03: Base em pó: É minha segunda opção ao BB Cream. Uso há anos sem nunca ficar sem. É extremamente prático e acho que é o item mais antigo que não troco por nada. Minha base escolhida é da MAC, a Studio Fix (cor NC 25). Já testei também da Make Up For Ever e gostei. Mas meu caso de amor com a Studio Fix é eterno.

04. Corretivo: Nem todas precisam. Eu, particularmente, uso raramente. Não tenho problemas com olheiras e não tinha espinhas. De qualquer forma, é bom ter por perto. Tenho vários corretivos, mas o que carrego comigo e há anos não deixo faltar é da MAC também, o Studio Finish (cor NC 20).

05: Lip Balm e batom: Se você for sucinta, pode ter só um dos dois. Eu não sou, então carrego para todos os cantos mais de uma de cada. Minha boca é bem sensível! Então, acabei de descobrir, que tenho na bolsa 3 lip balms e um bepantol que é amor eterno também. Nos batons, meus dois amores que sempre salvam são o Kinda Sexy (mude clássico) e o Ruby Woo (vermelho mais perfeito que já vi), ambos da MAC.

06: Rímel: Completamente indispensável! Até hoje, só conheci uma pessoa que não precisava usar rímel, pois tinha os cílios enormes e volumosos. E provavelmente essa pessoa não é você, então use rímel sempre. Uma, duas, três.. quantas camadas quiser. Mas use! Meu amor de pelo menos quatro anos para o dia a dia é o The Colossal, da Maybelline.

07. Blush: Sinônimo de saúde, apenas. Acreditem, já fiz o teste de sair sem blush e perguntaram o que eu tinha que estava com cara de triste/doentinha. Acredito que a melhor cor para se ter à disposição 24h na bolsa é algum tom de rosa, que dá aquela “coradinha”. Mas tons em pêssego também são uma excelente opção. Carrego comigo atualmente o Sunbasque, da MAC (porque estou bronzeada agora. No inverno uso outro).

08: Lápis para sobrancelha: Há quem diga que não é tão essencial para estar na nécessaire da bolsa. Porém minha sobrancelha é bem rala, por isso não dispenso. Atualmente carrego o lápis para loiras (é mais sutil) da Mary Kay ou o universal da Panvel (bem baratinho e super funciona!).

09. Pincéis: Dependendo dos produtos e sua habilidade com os dedos, não precisa. Como uso blush em pó, carrego sempre o pincel específico para isso. Mas também levo o de corretivo e de pó para a base em pó. Já o BB Cream espalho com os dedos, que é o aconselhado pelos profissionais e realmente fica melhor. O de blush é da Sephora e os demais são da Sigma.

10. Curativos: Não tem nada a ver com maquiagem. Mas para fechar 10 itens, decidi colocar esse produtinho abençoado que carrego em todos os compartimentos que posso. Tenho na carteira, na bolsa, na nécessaire de remédio e também na de maquiagens. Meus pés são sensíveis demais! Tudo faz calo. E machuca mesmo, gente. Tenho até cicatriz! Aprendi na pele que é melhor sempre ter um (ou mais) por perto. I <3 Band-Aid.

_______________

OBS: Sim, a maioria dos meus queridinhos do cotidiano são MAC. E das maquiagens festivas também são. Obviamente não ganhei nada da marca para escrever isso, mas considero os melhores produtos de maquiagens no quesito custo/benefício.







  03/02
 

Fevereiro já começou, mas ainda está em tempo de catar algumas inspirações de looks de verão. A verdade é que no inverno, por precisarmos de mais peças de roupas, montar uma produção acaba sendo mais fácil. Pois basta trocar algum detalhe, acrescentar um acessório e tudo está resolvido.

Em contrapartida, durante o verão usamos o mínimo de peças possível e muitas vezes parecemos que estamos o mesmo look sempre. Abaixo, há algumas imagens que podem inspirar você na hora que sair nos dias quentes. Colares, lenços, chapéus, decotes e fendas são as principais dicas.

looks de verão