São Paulo

  06/04
 

São Paulo é não São Paulo por acaso. A maior cidade da América Latina possui inúmeras opções para todo tipo de lazer. É um destino e tanto para apaixonados por museus, assim como eu. São vários os lugares com exposições artísticas de encher os olhos, mas resolvi contar três que são meus favoritos. Veja três museus que você precisa conhecer em São Paulo.

Três museus que você precisa conhecer em São Paulo

01. MASP: The one and only. O Museu de Arte de São Paulo, localizado no coração da Avenida Paulista é meu favorito. Foi o primeiro museu paulistano que visitei, há anos atrás, e não tinha como não me apaixonar. Quase que diariamente passo em frente à ele e o amor só aumenta. Projetado por ninguém menos que Lina Bo Bardi, o prédio foi inaugurado em 1968. Antes disso funcionava na rua 7 de Abril, centro da capital paulista. Atualmente as obras estão expostas nos cavaletes de cristal também projetados por Lina. Visitei a exposição ainda nos primeiros dias e preciso dizer que é algo emocionante! Mais informações aqui.

MASP - Cavaletes Lina Bo Bardi

02. Instituto Tomie Ohtake: O Instituto Tomie Ohtake, localizado na Avenida Brigadeiro Faria Lima, vale a visita só pelo prédio. Eu não sei se posso realmente chamá-lo de museu, mas o lugar abriga exposições belíssimas e é sem dúvidas um ponto turístico imperdível em São Paulo. Inaugurado em 2001, o prédio foi projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake. São sete salas expositivas divididas em dois andares, sem acervo permanente. Ou seja, sempre há um novo e bom motivo para visitar o complexo cultural. Mais informações aqui.

03. MAC: Com cerca de 10 mil obras em seu acervo, o Museu de Arte Contemporânea possui nada menos do que três endereços – um no Parque Ibiraquera e outros dois na cidade universitária da USP. Quase todas as obras do acervo vieram do Museu de Arte Moderna, que teve a sua coleção entregue à USP pelo então presidente Francisco Matarazzo Sobrinho, em 1963. Mais informações aqui.







  06/03
 

paulo leminskiA partir de amanhã, 07 de março, a Caixa Cultural São Paulo recebe a exposição “Múltiplo Leminski“, em homenagem ao escritor paranaense Paulo Leminski. Após anos de pesquisa e catalogação, a mostra apresentará mais de mil objetos, entre fotos, livros, pinturas, poesias e vídeos.

Mais conhecido por seus trabalhos com poesia, Leminski também era músico, compositor, romancista, tradutor, ensaísta, judoca e publicitário. Chamou atenção por sua intelectualidade desde cedo, sendo fluente em seis idiomas estrangeiros: inglês, francês, latim, grego, japonês e espanhol.

Paulo Leminski nasceu em Curitiba em 24 de agosto de 1944 e faleceu na mesma cidade em consequência do agravamento de uma cirrose hepática em 1989.

A exposição itinerante já passou por Curitiba, Foz do Iguaçú, Goiânia, Recife e Salvador.

Data: De 07 de março até 03 de maio de 2015.
Horário: De terça-feira a domingo, das 9h às 19h.
Local: Caixa Cultural São Paulo (Praça da Sé, 111 – 8º andar, São Paulo/SP).
Entrada gratuita.







  09/01
 

MafaldaMafalda, a famosa personagem infantil criada por Joaquín Salvador Lavado Tejón, conhecido como Quino, ganhou uma exposição em São Paulo em homenagem aos seus 50 anos. A mostra “O mundo segundo Mafalda” está aberta para visitação desde 17 de dezembro de 2014 e segue até 28 de fevereiro desse ano na Praça das Artes.

A exibição foi trazida ao Brasil pela Fundação Theatro Municipal de São Paulo em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura e com o programa São Paulo Carinhosa, da primeira-dama da capital paulista Ana Estela Haddad.

Mafalda é uma garotinha questionadora e ácida. Foi criada em 1964 e publicada na revista semanal argentina Primeira Plana. Em julho de 1973 Quino criou a última tirinha original de Mafalda. O artista só desenhou ela novamente em 1977 para uma campanha do Unicef sobre os direitos das crianças.

Data: De 17 de dezembro de 2014 até 28 de fevereiro de 2015.
Horário: Diariamente das 09h às 20h.
Local: Praça das Artes (Av. São João, 281, Centro, São Paulo/SP).
Entrada gratuita.







  20/12
 

Erwin BlumenfeldBom dia! A dica cultural desta semana é uma exposição sobre o fotógrafo alemão Erwin Blumenfeld que acontece em São Paulo. Depois de passar pela França, Inglaterra, Alemanha, Japão e Itália, as obras do artista estão expostas no Museu de Arte Brasileira (MAB) da Fundação Armando Álvares Penteado (FAAP), até o dia 18 de janeiro.

Intitulada “Blumenfeld Studio: New York 1941 – 1960”, a mostra exibe fotografias de moda, fotos de personalidades, campanhas publicitárias e trabalhos experimentais famosos pelos avanços técnicos para a época.

Nascido em Berlim, Alemanha, em 1897, Blumenfeld começou a trabalhar com o mundo da moda em 1936. Porém, o fotógrafo não é apenas conhecido pelos trabalhos nesse ramo. Ele também é um dos representantes mais importantes do dadaísmo, movimento criado por Jean Harp. Erwin faleceu em Roma, Itália, em 1969 por problemas cardíacos.

Para saber mais sobre a vida do artista, que ficou preso por dois anos num campo de concentração durante a Segunda Guerra Mundial, assista um pedaço do documentário da BBC “The Man Who Shot Beautiful Women”.

 

 

Data: De 29 de outubro de 2014 até 18 de janeiro de 2015
Horário: De terça a sexta-feira, das 10h às 20h; finais de semana e feriados, das 13h às 17h
Local: MAB – FAAP (Rua Alagoas, 903, Higienópolis, São Paulo/SP)
Entrada gratuita







  24/10
 

Exposição Castelo Rá-Tim-BumBoa notícia para quem achou que tinha perdido a Exposição do Castelo Rá-Tim-Bum, que acontece no Museu da Imagem e do Som (MIS) em São Paulo: ela segue até 25 de janeiro de 2015!

De acordo com o museu, mais de 190 mil pessoas já visitaram a exibição que homenageia o programa veiculado na TV Cultura de 1994 a 1997. Com tamanho sucesso, ela foi inicialmente estendida até 16 de novembro, e agora passou para janeiro.

A mostra ocupa dois andares do MIS. Em um deles, estão expostos figurinos das personagens, fotografias, objetos de cena, trechos do programa e também depoimentos gravados pelos atores – especialmente para a exposição. Na outra, a realização do sonho de muitas crianças dos anos 90: entrar no Castelo (mais de 10 ambientes foram recriados para isso).

Clique aqui e confira o folder da megaexposição.

SERVIÇO

Local: Museu da Imagem e Som (Avenida Europa, 158, Jardim Europa, São Paulo/SP)
São Paulo

Horário: Terça a sexta, das 11h às 21h, sábados, das 9h às 23h e domingos, das 9h às 20h.

Ingresso: R$ 10,00 (entrada gratuita nas terças)