saúde

  08/04
 

Seja na esteira ou na rua, a corrida tem atraído cada vez mais adeptos no mundo todo. E não é por menos. Além de trazer inúmeros benefícios para a saúde e estética, esse esporte pode ser feito em qualquer lugar, sem exigir muitos gastos financeiros. Basta uma roupa confortável e um par de tênis e pronto. Você pode começar sua corrida ou preparação. Conheça outros cinco motivos para começar a correr.

motivos para começar a correr - VLIFESTYLE

01. EMAGRECE: De modo geral, correr 30 minutos gasta de 500 a 600 calorias. Isso acontece porque correr movimenta muitos músculos, fazendo que o metabolismo permanece acelerando e queimando gordura por mais ou menos duras horas após o término do exercício.

02. MELHORA O SONO: De acordo com a American Sleep Disorders Association correr é uma intervenção não farmacológica que aumenta a qualidade do sono. Vários estudos realizados em diversos países comprovam que pessoas que fazem alguma atividade aeróbica dormem melhor. Posso confirmar isso! Já comentei aqui que a atividade física me ajudou – e muito – a enfrentar a insônia. Quando estou me exercitando regularmente, pego no sono com mais facilidade e não fico acordando durante a noite e coisas do gênero. Cabe ressaltar aqui que é durante o sono que nosso organismo de fato trabalha (estimula o hormônio do crescimento, a recuperação celular muscular, combate os radicais livres, promove uma limpeza interna, restaura a consolidação da memória, aprimora a capacidade mental, além de melhorar o humor e a disposição).

03. FORTALECE MÚSCULOS INFERIORES: Quadríceps, panturrilha e glúteos são os músculos mais exigidos na hora da corrida, causando fortalecendo da região e deixando-os mais torneados. Por causa desse esforço é interessante você fazer musculação ou pilates intercalado com o treino de corrida. Isso evitará possíveis lesões na região com o tempo.

04. REDUZ STRESS: Correr libera serotonina e endorfina na corrente sanguínea, hormônios responsáveis pelo alívio do estresse e pela sensação de bem-estar. Além disso, ficar sem fazer nada libera cortisol, hormônio que produz ansiedade. Ou seja, é fundamental fazer alguma atividade física que iniba a produção desse hormônio. Outra benefício é que durante a corrida você precisa focar nas passadas, deixando de lado os problemas e preocupações do dia a dia.

05. MELHORA CAPACIDADE PULMONAR E CARDIOVASCULAR: Correr fortalece os músculos do diafragma e intercostais e também melhora a absorção de oxigênio pelos brônquios. Além disso, é comprovado que correr ajuda a controlar o nível de lipídios no organismo, reduzindo os riscos de doenças cardiovasculares







  23/03
 

Eu sei que não é fácil arrumar espaço no dia a dia ou ânimo para ir até uma academia fazer exercícios físicos. Mas isso não deve impedir você de se exercitar e manter seu corpo e movimento. Há algumas atividades que são extremamente importantes para nosso organismo e que podem ser feitas em qualquer lugar. Você conhece os benefícios do alongamento muscular? Eles são vários! Listei sete deles para vocês e o melhor é que eles podem ser feitos em qualquer lugar e por pessoas de todas as idades.

BENEFÍCIOS DO ALONGAMENTO MUSCULAR - VLIFESTYLE

  • ALIVIA TENSÃO MUSCULAR
  • AUMENTA FLEXIBILIDADE
  • ATIVA CIRCULAÇÃO SANGUÍNEA
  • DIMINUI RISCO DE LESÕES
  • MELHORA POSTURA
  • ALIVIA O STRESS
  • AUMENTA CONSCIÊNCIA CORPORAL

Logo abaixo tem alguns exemplos de alongamentos para iniciantes. Fique na posição indicada de 20 a 30 segundos, mas sem sentir dor. Você deve sentir apenas uma tensão na região, e não como se realmente estivesse machucando a área.

BENEFÍCIOS DO ALONGAMENTO MUSCULAR - EXEMPLOS - VLIFESTYLE







  16/03
 

Eu não sei vocês, mas eu não consigo ficar com as unhas por fazer. Pode ser frescura, mas o fato é que eu não me reconheço se não estiver com alguma cor na ponta dos dedos. O problema é que manicure toda semana sai caro e muitas de vocês também têm dificuldade em fazer isso em casa. Vou confessar que até pouco tempo eu não conseguia sequer lixar a unha. Quando ela quebrava, eu esperava até o fim da semana, com ela enroscando em tudo, para manicure fazer isso. Depois de muitas tentativas, aprendi! Então eu trago algumas dicas para vocês também conseguirem fazer as unhas em casa.

Uma observação importante! Eu considero – e sei que muitas mulheres também pensam assim – fazer as próprias unhas uma terapia. É um momento que fica só eu, minha coleção de esmalte e as benditas unhas. Faço isso ouvindo música ou ainda espiando algum seriado. Relax total!

COMO FAZER AS UNHAS EM CASA - VLIFESTYLE

01. O COMECINHO: Antes de por a mão na massa, você deve ter bem claro em mente que se você não é manicure, seu processo não tem que ser o mesmo de uma. Acredito que eu demorei mais pra aprender a fazer porque tentava copiar o trabalho da profissional. Nada disso! Existem alguns truques que levam mais tempo, mas pode ajudar.

02. MATERIAL EM MÃOS: Pode parecer desnecessário, mas algumas armas são importantes para a batalha. Vou fazer uma lista das coisas que eu uso, mas você também pode ir fazendo seus testes e descobrindo o que precisa ou não.

  • oléo secante
  • base
  • esmalte escolhido
  • extra-brilho
  • creme amolecedor de cutículas
  • alicate de cutículas
  • algodão
  • palitos de unhas
  • lixa
  • bloco polidor
  • guardanapo de papel
  • toalha
  • água morna
  • removedor de esmaltes ou acetona

03. LIMPEZA: Um problema que eu tinha era que minha unha descamava muito. Eu descobri que, entre outros fatores, ela ficava muito ressecada e a principal causa era a acetona. A dica é retirar o esmalte velho passando um pouco de óleo secante antes, e depois vir com o algodão com acetona. Se preferir, é ainda melhor para a unha retirar com removedor de esmaltes sem acetona na fórmula. Depois, sempre lavo bem a mão, já dando uma empurradinha nas cutículas.

04. LIXANDO: Muita calma nessa hora. É importante ter uma lixa em boas condições e usar o lado mais delicado dela, caso não queira perder comprimento. Vá lixando aos poucos no formato de sua preferência e testando num tecido se ela está pegando ou não. Para deixar a unha uniforme, passe o bloco polidor, com cuidado. Se você exagerar, pode deixar a unha fraca demais.

05. CUTÍCULAS: Com as unhas lixadas, não economize no creme amolecedor. Passe o produto em toda cutícula, cobrindo bem a pele. Depois cubra com algodão e umedeça com a água morna. Mas vamos fazer isso uma mão por vez! Colocou algodão no último dedo daquela mão, espera uns 8 minutos, e vá tirando um dedo por vez, deixando o hidratante agindo nas demais. Empurre bem a cutícula, para ela ficar evidente no cantinho e muito cuidado com o alicate! Pegue ele bem firme e vá sem pressa alguma. Tire aos poucos e não queira cavar muita nas primeiras vezes. É melhor ir devagar para pegar confiança, sem se machucar. (óbvio que de vez quando vai rolar aquele bifezinho básico, mas não se intimide)

como fazer as unhas em casa - cutícula - VLIFESTYLE

06. MELHOR PARTE! Não sei para você, mas esmaltar é minha parte favorita. Com as unhas lixadas e limpas, passe uma camada da base se sua preferência e espere secar alguns minutinhos. Depois disso, duas camadas do esmalte escolhido. Entre as camadas, espere novamente alguns minutinhos. Eu sei que as profissionais limpam o excesso com o palitinho só depois da última camada. Minha dica é tirar na primeira também! Vai facilitar – e muito – na hora da limpeza. Passe o palito e limpe no guardanapo de papel que você separou no começo.

07. EXTRA-BRILHO E ÓLEO: Esses dois produtos são muito importantes! Passe o top coat (ou extra-brilho) e também retire a sobra dele com o palitinho. Depois disso, óleo secante sem economizar. Há quem prefira o spray, mas eu amo óleo. Tanto faz!

08. RETIRANDO OS EXCESSOS: Você deve ter reparado que falei para passar o óleo antes da limpeza, mas as manicures fazem ao contrário. Como eu disse, devemos procurar a maneira que funciona melhor para nós. A função do óleo é secar o esmalte, portanto ele sai melhor da pele nos borrões. Enrole um pouco de algodão na ponta do palito, molhe na acetona e limpe sem pressa. Você provavelmente vai usar mais algodão que a profissional também, mas lembre-se de não querer imitar e não ter pressa para nada.







  10/03
 

Café, cafezinho, cafezão. Não importa se você apelidou ou não a bebida, o fato dela ser praticamente indispensável para começar bem o dia faz dela uma queridinha e tanto. Em excesso pode trazer alguns malefícios, mas pesquisas comprovam que até 4 xícaras do pretinho fazem dele um aliado. Conheça cinco benefícios do café para a saúde.

benefícios do café para a saúde - VLIFESTYLE

01. PREVINE CÂNCER: Sim, o café possui propriedades anti-cancerígenas. Os tipos de câncer que a bebida pode previnir são de fígado, mama e intestino.

02. AJUDA OS DIABÉTICOS: A bebida dispõe de ácido clorogénico e a trigonelina alcalóide que auxiliam na redução de glicose e insulina no organismo, o que é ótimo para quem apresenta diabetes tipo 2.

03. EVITA PERDA DE MEMÓRIA: A cafeína ajuda a bloquear os efeitos da adenosina. O bloqueio dos efeitos inibidores desse neurotransmissor ajuda a aumentar a eficiência do neuronal no cérebro e que libertam neurotransmissores como a dopamina e norepinefrina.

04. MELHORA ATENÇÃO: Essa não é novidade. A cafeína é estimulante e deixa nosso corpo mais “acordado”. Cuidado para a ingestão durante a noite, pois pode causar insônia.

05. REDUZ RISCOS DE MAL DE PARKINSON: Segundo pesquisas, ingerir até cinco xícaras de café reduz as chances de ter Parkinson no futuro. Além disso, uma estudo canadense comprovou que a cafeína diminui tremores e dificuldades motoras de quem já foi diagnosticado com a doença.







  19/02
 

Quem nunca ouviu a frase “dormir é tão bom que nem parece ser de graça”? Piadas à parte, uma boa noite de sono é essencial para manter o organismo saudável – além de ser fundamental para produtividade e beleza também. O problema é que muitas pessoas não conseguem desfrutar desse prazer com tanta facilidade. Por algum problema momentâneo ou por sofrer com a temida insônia, muita gente busca incessantemente dicas para dormir melhor. E é isso que trouxemos hoje! Vale ressaltar que todas as dicas abaixo foram passadas por um neurologista!

OITO DICAS PARA DORMIR MELHOR - VLIFESTYLE

01. CUIDE SEUS HÁBITOS DURANTE O DIA: Não é só deitar e fechar os olhos. Ter uma noite de sono calmo e saudável exige cuidados o dia inteiro. Uma boa alimentação e atividade física pelo menos três vezes por semana ajudam bastante. Em alguns casos mais complicados, é sugerido que a pessoa se exercite todos os dias (meu caso), pois isso libera endorfina e ajuda o corpo a relaxar. Evite alimentos pesados principalmente no jantar e esqueça os assaltos na geladeira à noite.

02. NADA DE CAFEÍNA DEPOIS DAS 18H: Isso é muito importante! Nada de coca-cola, café, chá preto ou chimarrão durante a noite. Cuide para não cair na tentação de “é só um pouquinho, não faz diferença”. Faz diferença sim! Faça o teste por uma semana e confirme você mesmo.

03. PREPARE SEU CORPO PARA DORMIR: Seu organismo precisa saber que a hora do descanso está chegando. Um banho quente é um bom começo para descansar. A escolha da roupa para dormir também é fundamental. Nada muito quente ou muito apertado! Escolha roupas leves e confortáveis sempre.

04. PREPARE SEU QUARTO: O quarto é local de descanso. Entretenimento é na sala. Evite assistir filmes e programas de televisão depois de deitar, bem como mexer no celular. Acredito que não ficar checando as redes sociais seja um desafio e tanto para todos, mas é extremamente importante. A escolha do colchão, travesseiro e roupa de cama também precisam de atenção, pois você passará horas no mesmo local e deve cuidar para não prejudicar sua postura. Aromatizantes de lavanda e camomila também são interessantes, pois possuem propriedades relaxantes. Outra dica é manter o ambiente fresco. Estudos comprovaram que dormimos melhor no frio.

05. TENHA HORÁRIO: Esse complementa o número 3. Eu sei que a rotina corrida dificulta bastante, mas tenha um horário limite para suas atividades. Por exemplo: às 22h eu preciso começar a desligar. Tome seu banho, faça um chá de melissa e vá para cama. O organismo cria hábitos mais cedo do que se imagina e regulá-lo para dormir vai ajudar – e muito – a combater a insônia.

06. ESCURO TOTAL: Total mesmo! Nada de abajures e luminárias acessas. De acordo com o neurologista, em alguns casos as pessoas precisam colocar uma fita adesiva no LED na televisão (aquela luz vermelhinha) para não atrapalhar o sono. Minha dica é mais simples: se puder evitar, não tenha televisão no quarto. Não esqueça da dica 4!

07. CUIDADO COM OS SONS: Esse é meu ponto fraco. Qualquer som já não me deixa dormir. E considerando que moro em São Paulo, tenho um desafio e tanto. Especialistas sugerem o uso de tampões para os ouvidos ou os chamados ruídos brancos, que são aparelhos com músicas relaxantes ou sons da natureza. Não preciso dizer que cama não é lugar de ouvir música! Em deixe os fones de ouvidos bem longe do travesseiro.

08. CONTROLE SEUS PENSAMENTOS: Para muitos, a tarefa mais difícil. Eu, particularmente, demorei mais de um ano para aprender a meditar. Mas nunca desisti! Esvaziar a cabeça e controlar os pensamentos é externamente difícil numa época que somos bombardeados de informações 24h. A dica então é focar em coisas boas. Os problemas e tarefas do dia a dia ficam todos fora do quarto. Relembre bons momentos, faça uma oração, se imagina num lugar calmo. E toda vez que se distrair e um pensamento ruim vier, recomece e não desista!