verão

  03/11
 

Não posso afirmar que isso ocorra com todas as mulheres, mas muitas de nós sofrem com os dias muito quentes. Além do mal-estar típico do verão, montar um look que reúna beleza, praticidade e frescor não é uma tarefa fácil. E aqui entra a sugestão do dia: vestido longo. Eu sei que ele é uma marca registrada do estilo boho, porém mulheres com outros estilos também podem usufruir – e muito – desse conforto com estilo e delicadeza.

vestido longo para o dia a dia - VLIFESTYLE

As quatro imagens de cima falam muito. A primeira dela traz a bela Olivia Palermo, mostrando o quanto podemos ser chiques e sofisticadas com um vestido longo. Logo em seguida tem uma opção mais cool e leve, perfeita para dias de lazer. Por fim duas fotografias para quem curte um estilo mais boêmio. O vestido amarelo, mais fluido, ficou perfeito com o chapéu. E a última imagem é uma excelente dica para as amantes de estampas geométricas. Se você está com a dieta em dia, ele vai valorizar ainda mais seu corpo.

Como e quando usar depende de alguns pontos. Momentos de descanso – shopping, cinema, passeios, etc  – eu não preciso nem falar que cai perfeitamente com essa roupa. Sobre o ambiente de trabalho depende do quão sério é a sua profissão. Para deixar o visual mais elegante, evite estampas e recortes. Também feche o look com acessórios mais sofisticados e uma sapatilha mais elaborada. Para o dia a dia, rasteiras são o ideal.







  26/10
 

Estes dias estive conversando com uma amiga sobre analisar os looks das pessoas ao nosso redor. Para quem não sabe, além de ter estudado Jornalismo, também estudei Styling de Moda – tanto conceito, como comercial. Então quando trago dicas de estilo aqui para o VL, não é porque eu acho. Estudei – e continuo estudando – sobre o assunto. E quando digo “não tenham medo”, não tenham. Testem. Fiz essa introdução porque a dica de hoje ainda (!) não é vista com bons olhos por muitas, apesar do sucesso absoluto entre as pessoas ligadas à moda. Deixa o preconceito de lado e veja como usar culottes ou pantacourt, as tais pantalonas até a canelas.

como usar culottes ou pantacourt - VLIFESTYLE

Como aqui não tem essa de só rostinho bonito, lá vai um pouco de história. A peça surgiu na Era Vitoriana, meados do século XIX, para ser usada pelas mulheres por baixo do vestido. Em 1940 ela ressurgiu muito usada por mulheres que trabalhavam, por parecer uma saia, mas não ser. Em 1970 ela teve outro retorno e agora, em 2014/2015, o culotte voltou. Ou seja, mais uma novidade nem tão nova assim.

Agora vamos ao que interessa: quando e como usar as calças culottes, também chamadas de pantacourt. Vocês sabem que odeio restrições, mas infelizmente tenho uma para essa tendência. Pernas grossas. Se você tem a canela grossa e não é muito alta, talvez seja uma boa repensar se quer mesmo usá-la. Eu sei que mais uma vez as baixinhas e/ou gordinhas não são favorecias por tendências, mas em alguns casos têm dicas que resolvem o problema. Vou passar elas agora:

Sapato nude. Sempre digo isso! O calçado na cor da pele dá a impressão que a perna é mais longa, não achatamento a silhueta. Outra dica é usar um look monocromático, sendo a calça e a blusa da mesma cor. Desta forma, não há uma “quebra” na cintura e você parecerá mais alta. O melhor exemplo disto está na primeira imagem. A mulher na foto é a editora de moda russa Miroslava Duma, que mede apenas 1,55m e é uma das mulheres mais bem vestidos da atualidade – e sempre usa tendências, mesmo sendo considerada baixinha.

O time de mulheres de pernocas finas pode se divertir livremente. A cara do verão, a calça culotte é super elegante e pode ser usada para trabalho, eventos sociais e passeios dominicais, por exemplo. Para deixar o look mais sofisticado, basta um belo par de salto alto. Para ocasiões mais descontraídas, aposte em rasteiras ou espadrilles. Na parte de cima, tudo é possível. Tops, blusas leves, camisas e até mesmo camisetas caem bem nesse tipo de produção. O segredo é testar!







  02/10
 

Sim, baby! Chegou a nossa vez de falarmos sobre uma das maiores tendências do verão 2015/2016: a sandália gladiadora. Se você está ou passou a casa dos 20 anos, certamente lembra – ou usou – desse sucesso no início dos anos 2000. Como a moda é cíclica e tudo o que vai, volta, o calçado inspirado nos romanos está de volta e com força total!

SANDÁLIA GLADIADORA COM VESTIDO - VLIFESTYLE

Precisei dividir a seleção de imagens em duas partes para vocês poderem visualizar bem os looks e pegarem como inspiração. Acredito que a maioria das mulheres prefere vestidos durante os dias quentes, não importando a modelagem, estilo e/ou cor. Por isso deixei essa peça em ambas as imagens. A sandália gladiadora também pode ficar linda com saias, shorts, macaquinhos e até mesmo calça (imagem logo abaixo).

É importante deixar bem claro que essa sandália se apresenta de várias formas: longa, média e sem amarração na perna. O que define que ela é gladiadora ou não são as várias tiras, não importando a extensão delas. Além disso, o salto também pode variar. Coloquei mais modelos de rasteiras nas imagens porque tenho percebido que elas são as favoritas. Vale deixar bem claro que, de modo geral, esse modelo é bem descontraído e casual. Assim, ele não fica bem em ocasiões que exigem mais seriedade. Para eventos especiais, tem a sandália gladiadora de salto alto – seja ele fino ou grosso – que é um arraso e pode ser bem chique, dependo o modelo! E fica super sexy!

SANDÁLIA GLADIADORA COM CALÇA - VLIFESTYLE

Quem pode usar? Todo mundo, mas com ressalvas. Por possuírem linhas horizontais, as gladiadoras achatam a perna. Portanto mulheres baixinhas e/ou com pernas grossa, precisam tomar cuidado. Prefiram tiras mais finas e em tons de nude. Aproveitem que todo o leque de tons terrosos está em alta e fica belíssimo com este estilo. Já a turma da perna fina, é só se jogar. Franjas e pedrarias também são bem-vindas e completam um estilo boho.







  23/09
 

É como eu sempre digo aqui: tudo o que vai, volta. Um dos maiores hits de beleza dos anos 90 é tendência novamente. O batom marrom, tão usado em todos os tons, é a nova cor do momento para os lábios.

BATOM MARROM - VLIFESTYLE

Eu diria que uma das responsáveis pela propagação dessa tendência é Kylie Jenner, a mais nova do clã Kardashian-Jenner. Muito foi comentado quando a jovem apareceu com preenchimento labial, exibindo belíssimas makes por aí. E a cor favorita de batom era – e continua sendo – o marrom, seja em tons frios ou mais quentes. Conforme eu falei no post sobre o Emmy 2015, Sofia Vergara foi uma das celebridades que usaram essa cor na maquiagem. E foi sucesso total!

Batom marrom KYLIE JENNER - VLIFESTYLE

Mas não pense que Kylie foi a precursora. Na temporada de desfiles 2013/2014 o batom marrom já mostrava nas passarelas que estava pronto para fazer sucesso na boca da mulherada. Dito e feito!

Ainda está com o pé atras? Pois posso te provar que ele agrada todos os estilos. Você é básica e discreta? Batom marrom em tons mais próximos ao seu tom de pele. Chique e elegante! Você traz uma cor para os lábios, fugindo do nude de sempre, e ainda não põe foco total neles, pois esses tons não são cores chamativas e combinam com qualquer roupa e qualquer ocasião. Agora, se você faz o estilo “nasci para brilhar e não tenho medo disso”, batom marrom também! Você pode usar tanto tons quente mais escuros, como tons bem frios e fechados, que às vezes lembram o cinza (Kylie Jenner de novo!). Garantia de arraso!

Abaixo selecionei tres opções usáveis no dia a dia. A primeira super básica e clean, a segunda com sombra e a terceira com delineador. Tem para todos os gostos! E caso alguém pense que batom marrom fica com só com morenas, veja que linda a modelo Gigi Hadid ficou com essa cor!

Batom marrom discreto

Sobre a textura, ele prova que é versátil mesmo. Todas as maneiras são aceitas: marte, cremoso e glossy. Ao contrário da onda de batom vermelho escuro que era somente matte, o batom marrom aparece de todas as formas, agradando todos os estilos. E sobre a aplicação, não há mistérios. As mesmas regras que indico para as outras cores mais “aparecidas”. Para que ele dure mais, siga estes passos: hidrate os lábios, limpe, passe um primer labial ou pó, contorne com lápis do mesmo tom ou mais próximo possível e aplique o batom com pincel. Se você já tiver muito pratica, aplique direto com a bala. Só cuidado que alguns tons de batom – marrom ou não – ficam melhores sendo aplicados pouco a pouco, em camadas.







  11/09
 

Já estamos em setembro e a primavera dá sinais que está chegando. Porém, nessa época do ano ainda enfrentamos temperaturas amenas, o que requer aquela casaquinho sempre por perto. O poncho (também chamado de ponche) é um peça originalmente para outono/inverno, mas que foi adaptada para o ano inteiro. Está duvidando? Então dê uma olhadinha nas imagens abaixo e mude sua ideia.

PONCHO - VLIFESTYLE

Sucesso absoluto nos anos 70, ele ressurgiu nas passarelas em grifes como Chanel, Burberry e Saint Laurent (citando só algumas). Porém, vale deixar claro que na América do Sul como um todo (no Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul) ele nunca saiu de moda. Sempre esteve fiel aos dias de frio intenso.

Sobre usar na primavera/verão, tudo depende do material. Poncho feito de lã, mais espesso e pesado, são ideais para dias frios. E como uma tendência para o verão 2016 é o crochê, ele aparece assim também. Tanto como no dia a dia, como saída de praia, o poncho feito em crochê é super feminino e charmoso, valorizando qualquer look.

Vale lembrar que o poncho é uma peça unissex, apesar do nosso foco aqui ser a mulherada. Enquanto nos dias de temperaturas baixas o poncho fica perfeito com legging e botas, por exemplo, o do verão fica incrível com short ou saia jeans. Fechar o look com rasteiras gladiadoras é uma excelente sugestão!